26 julho 2015

Livro: O Lado Mais Sombrio


"A terceira Alice era uma pequena rainha de paus
Era muito amada e querida no País das Maravilhas
Ela enfeitiçou a todos com cada gesto e frase
Ela criou um estranho país verde..."
Alice Human Sacrifice { www }

 Isso não é uma resenha. É mais uma opinião. Eu até tentei fazer uma resenha, mas pra isso você precisa ser imparcial e apenas apresentar os fatos; coisa que eu não consigo, se tratando de Alice no País das Maravilhas. O post tá cheio de "gostei", "não gostei" e opiniões super pessoais.
Mas enfim, eu vou colocar na tag "resenha" só pra ficar junto dos outros livros. '3'  Queria ter tempo e criatividade pra uma introdução bacanuda, mas eu não tenho, então...
... vamos conferir?

Alyssa Gardner ouve os pensamentos das plantas e animais. Por enquanto ela consegue esconder as alucinações, mas já conhece o seu destino: terminará num sanatório como sua mãe. A insanidade faz parte da família desde que a sua tataravó, Alice Liddell, falava a Lewis Carroll sobre os seus estranhos sonhos, inspirando-o a escrever o clássico Alice no País das Maravilhas.
Mas talvez ela não seja louca. E talvez as histórias de Carroll não sejam tão fantasiosas quanto possam parecer.
Para quebrar a maldição da loucura na família, Alyssa precisa entrar na toca do coelho e consertar alguns erros cometidos no País das Maravilhas, um lugar repleto de seres estranhos com intenções não reveladas. Alyssa leva consigo o seu amigo da vida real – o superprotetor Jeb –, mas, assim que a jornada começa, ela se vê dividida entre a sensatez deste e a magia perigosa e encantadora de Morfeu, o seu guia no País das Maravilhas.
Ninguém é o que parece no País das Maravilhas. Nem mesmo Alyssa... 

O livro é perfeito, mas fica bom mesmo quando Alyssa cai pela toca do Coelho. É quase tão nonsense quanto a história original, o que me surpreendeu - normalmente, as adaptações do conto ficam muito normais. O povo só pega o País das Maravilhas e seus personagens e acrescentam uma trama cheia de lógica e regras - coisas que não existem no País das Maravilhas! ~Curiosamente, também vi um monte de gente reclamando disso. "Achei confuso e fantasioso demais", dizem eles, porque com certeza não leram a história original e não sabem que é assim mesmo...


A Alyssa é uma ótima protagonista. Tem um lado "normal" e um lado "sombrio", e algumas vezes ela alterna entre eles, o que é super bacanudo e não permite que se torne a típica protagonista sem sal. Não é nem um pouco indefesa, embora Jeb a trate como se fosse.

Ah, Jeb. Uma das pontas do triângulo amoroso, e irritante pra caramba. Queria muito que ele morresse ao longo da trama, mas não aconteceu. Ele é super carinhoso com a Alyssa, mas nem compensa... É muito superprotetor, não deixa a Alyssa fazer nada importante e fica protegendo ela o tempo inteiro, além de comprar briga frequentemente com os outros personagens. Não entendo como alguém pode se apaixonar por um ser sufocante desses.


Morfeu, a outra ponta do triângulo, é o oposto. Quero dizer, ele confia muito no potencial da Alyssa. Ele também é esperto pra caramba, tem um visual muito legal (que inclui asas cintilantes de mariposa) e é frequentemente descrito como misterioso, inescrutável e sedutor. Mente muito bem, mas eu adoro personagens ardilosos e sacanas (não sei o motivo, mas ♥). Ah, e ele consegue ser muito fofo, também. Sem spoilers, mas ♥

Bem, fora isso, eu devorei o livro super rápido. As páginas têm uma diagramação perfeita, o tamanho da letra tá massa e tal, e a capa fez um monte de gente vir falar comigo na rua (literalmente...). Comprei o próximo livro da série, Atrás do Espelho, e em breve pretendo trazer um post! ♥

O livro recebeu cinco estrelinhas, de um total de cinco.
E não esqueçam: Team Morfeu forever!

6 comentários:

  1. Nunca li esse livro e vejo muita gente fazendo resenha sobre ele.. Bom, tenho outros na minha lista pra ler então sjdfkss mas de qualquer forma, adorei a sua resenha!! Ou como preferir, a sua opinião.. ;)

    Beijos, http://quebrarosilencio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu li em partes esse livro (só as com Morfeu), estava curiosa demais para ler tudo, mas pretendo comprar ainda, junto os próximos dois. Também preferi Morfeu a Jeb. Não gosto dele, ele é impossível. Morfeu é bem melhor, um amor de mariposa <3
    Beijos ~

    ResponderExcluir
  3. Eu estou prestes a comprar esse livro, o maior problema no fim é essa coisa de triângulo amoroso. Eu dou um passo pra frente e dois pra trás com as opiniões das pessoas sobre esse livro. Vou lê-lo em breve, mas pode ter certeza que sua opinião influenciará muito na minha leitura.
    Acho bom mesmo a Alyssa não ser sem sal, eu simplesmente cansei dessas protagonistas.
    photo-and-coffee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. nunca tinha ouvido falar desse livro, assim que terminar o que eu começei e nunca mais o peguei para o terminar, vou ver se acho esse para o ler ^^

    Com carinho, Hina | Aishiteru em Contos |

    ResponderExcluir
  5. Vim ler a "resenha" por causa da capa. Achei maravilinda. Que perfeição. Começo explicando que nunca jamais li ou vi alice no país das maravilhas. E não tem um motivo, eu só nunca vi assim como não conheço a história de muitos outros filmes e livros conhecidos como clássicos. Eu vou ver se pego na biblioteca para ler o Alice no país da maravilhas original, para conhecer e depois tentarei ler este. Só pela descrição e pelo nome, já amei o Morfeu.

    ResponderExcluir
  6. É muita maldade sua me fazer querer ler esse livro quando acabei de fechar uma comprar na saraiva (╥﹏╥) Mas vou adicionar á minha wishlist agora mesmo e na próxima oportunidade eu compro! Adorei a resenha/opinião

    ♥ Rendas e Doces

    ResponderExcluir