06 janeiro 2016

Teoria Kuroshitsuji: Sebastian é Mefistófeles?


Esta é uma teoria relativa ao mangá Kuroshitsuji, e contém spoilers. Não prossiga a menos que já tenha terminado de ler o mangá.

Esta é uma teoria relativa ao Sebastian. Todos sempre focam muito no Ciel, Vincent e Undertaker, mas Sebastian é realmente o personagem cujo passado mais desconhecemos - e isso é verdadeiramente impressionante, visto que ele aparece o tempo inteiro!
Bem, começo fazendo uma ressalva à mania da Yana Toboso de fazer referências no mangá. Tem várias delas espalhadas - as mais famosas são sobre Jack o Estripador e Titanic. Diante desse hábito, não é difícil pensar que ela realmente gosta de fazer brincadeirinhas desse tipo. E é sobre uma referência importante que se trata esta postagem...

E então, vamos conferir?



Vocês já ouviram falar de Fausto? É uma história do alemão Johann Wolfgang von Goethe, conhecido apenas como Goethe, de proporções bastante trágicas. Tornou-se um clássico, então eu sei que você já ouviu falar em algum lugar, mesmo que não faça ideia do que realmente se trata a história.

Agora, fazendo uma ressalva para mostrar que a Yana já fez referências à Fausto: o nome de uma das cobras do Snake é Goethe. Hahah, gostaram? ♥ (Quase todas as cobras do Snake são referências. Eu identifiquei, além de Goethe, "Oscar" e "Wilde", "Emily" e "Bronte"... Será que todas as cobras têm nomes de escritores?)

Bem, prossigamos. A história de Fausto é, basicamente, sobre um contrato com um demônio. O infeliz personagem principal é basicamente Fausto, daí o nome da história toda. Ele faz um pacto com um demônio chamado Mefistófeles para conseguir uma juventude com duração de 24 anos.
Você sacou sozinho? Ou eu preciso explicar que a expressão "contrato faustiano", tão famosa no mangá Kuroshitsuji, deriva de Fausto?

Além disso, Mefistófeles também têm um selo de contrato. Vamos fazer uma comparação entre os selos de Mefistófeles e de Sebastian?


Viram? São praticamente iguais. Na verdade, eu penso que só não são iguais de fato porque a Yana não pode copiar tanto assim. Ela precisa deixar um pouquinho diferente, afinal de contas. Ou talvez ela só quisesse dar uma enfeitada, no melhor estilo Trollboso.
Bem, vamos analisar o selo, mesmo que talvez não seja útil. Está escrito "tetragramaton" em ambos, e essa palavra se refere à quatro letras em hebraico, que expressam o conceito total de Deus (ou, como alguns disseram por aí, "o nome mais verdadeiro de Deus").

Bem, já viram onde eu quero chegar, não é?
Yana nunca explicou de onde Sebastian veio. Ele diz a Ciel "meu nome é o que o meu mestre desejar", e a partir dai diz a todos que verdadeiramente tornou-se esse "Sebastian". Mas, como Yana adora fazer referências (e Kuroshitsuji já tem muitas delas relacionadas à Fausto), pode muito bem ser que, futuramente, cheguemos a descobrir que Sebastian é aquele Mefistófeles.

Temos mais evidências.
Mefistófeles avisou Fausto sobre os perigos do contrato, assim como Sebastian avisou Ciel. Pode ser apenas uma coincidência, pode ser apenas mais uma referência, mas também pode ser uma marca registrada desse demônio avisar a todos os seus contratantes.
Você quer mais?
Então vamos voltar para o capítulo dois do mangá. Pode nem significar nada realmente, já que Kuroh estava bem no início e talvez a Yana tenha mudado muito a trama desde então, mas eu acabei achando isso enquanto relia a história e achei deveras interessante...


O tal "Palácio de Schönbrunn" existe mesmo. A Yana costuma se basear muito na realidade, vocês já devem ter notado. É o famoso Palácio de Versalhes, lá da Alemanha. Coincidentemente, Goethe é um escritor alemão, portanto a história de Fausto provavelmente se passa lá.
O fato de Sebastian afirmar que com frequência visita um palácio alemão (e totalmente humano, vamos supor?), mesmo sendo um demônio, não é curioso? Ainda mais se for para dançar (e ser apreciado por isso!), que é o que a frase à primeira vista sugere. (À segunda vista, "causo certa comoção" pode querer dizer "causo um pouco de confusão e tragédia", mas vamos deixar isso para a imaginação de cada um.)
Claro que pode ser só coisa da minha cabeça, afinal eu nunca vi ninguém dando atenção para este diálogo...

Tudo isso pode ser apenas uma graaaaande referência, lógico. Talvez seja necessário reler o mangá e dar uma olhada na obra Fausto com um microscópio, mas o geral está aí. Yana Trollboso é indecifrável.
Eu gostei de fazer essa postagem, então eu devo trazer mais teorias de Kuroshitsuji. ♥ Sem previsão por enquanto. Me digam o que acharam, se tem alguma coisa a acrescentar... ♥

6 comentários:

  1. Ola ~
    Sou uma amante dos animes e da cultura japonesa, parei de assistir animes faz um tempo, mas sempre ouvi falar desse anime.
    Bom, não tenho muito conhecimento pelo anime, mas tenho um pouco de conhecimento sobre a cultura japonesa e sobre religiões e ceitas. Bom, sabemos que a maioria dos animes relatam coisas sobre demônios, bestas e diversos capirotos, talvez seja só uma relação isso, os japoneses gostam de fazer esse tipo de "charminho", meio que eles gostam dessas coisas sobrenaturais... No Hellsing (meu anime preferido) tem o pentagrama e todas essas coisas sobrenaturais. Achei interessante essa teoria e irei assistir o anime *-*
    Amei o blog, seguindo ~

    ResponderExcluir
  2. Ola ~
    Sou uma amante dos animes e da cultura japonesa, parei de assistir animes faz um tempo, mas sempre ouvi falar desse anime.
    Bom, não tenho muito conhecimento pelo anime, mas tenho um pouco de conhecimento sobre a cultura japonesa e sobre religiões e ceitas. Bom, sabemos que a maioria dos animes relatam coisas sobre demônios, bestas e diversos capirotos, talvez seja só uma relação isso, os japoneses gostam de fazer esse tipo de "charminho", meio que eles gostam dessas coisas sobrenaturais... No Hellsing (meu anime preferido) tem o pentagrama e todas essas coisas sobrenaturais. Achei interessante essa teoria e irei assistir o anime *-*
    Amei o blog, seguindo ~

    ResponderExcluir
  3. Deveras interessante u.u e ressalto que concordo com tudo o que disse. Se encaixam! E é o que me fez acreditar mais ainda.

    ResponderExcluir
  4. Deveras interessante u.u e ressalto que concordo com tudo o que disse. Se encaixam! E é o que me fez acreditar mais ainda.

    ResponderExcluir
  5. A Toboso-sama é muito foda. eu adro Kuro, e sinceramente, não só faz todo o sentido, como também me assusta um pouco.
    Deixa eu explicar: é que todo maldito mangá ao qual eu me apego, e que tem demônios no meio, o nome desse maldito demônio parece, e geralmente ligado ao personagem do qual eu mais gosto.Exemplo: Mephisto Pheles de Ao no Exorcist. Eu simplesmente amo ele. Sério, se o sebby for o Mefistófeles, eu vou começar a dormir abraçada com uma ruz. T-T
    Ou não. ^^

    ResponderExcluir
  6. A Toboso-sama é muito foda. eu adoro Kuro, e sinceramente, não só faz todo o sentido, como também me assusta um pouco.
    Deixa eu explicar: é que todo maldito mangá ao qual eu me apego, e que tem demônios no meio, o nome desse maldito demônio parece, e geralmente ligado ao personagem do qual eu mais gosto.Exemplo: Mephisto Pheles de Ao no Exorcist. Eu simplesmente amo ele. Sério, se o sebby for o Mefistófeles, eu vou começar a dormir abraçada com uma ruz. T-T
    Ou não. ^^

    ResponderExcluir